quarta-feira, 16 de novembro de 2016

TRILHA NA SERRA DO FEITICEIRO, DOMINGO, 13/11/2016 - TRILHEIROS DA CAATINGA

Como estava combinado, na manhã do domingo, 13/11/2016, os Trilheiros da Caatinga reuniu um grupo de amigos de Lajes, Caiçara, Pedra Preta, e Natal, e encarou a subida da Serra do Feiticeiro, até os paredões. Começamos o dia cedinho nos reunindo na Praça Manuel Januário Cabral, de lá partimos em direção à Serra e depois de um alongamento e algumas instruções seguimos tilha adentro.

O sol estava camarada, na verdade as nuvens que de vez em quando o encobria. Passamos pela Capela da Divina Santa Cruz, Pedra do Anjo e atingimos o topo na altura dos paredões, na volta ainda fizemos algumas fotos no Mirante dos Mármores; ao descermos fomos na boca das galeria desativadas no pé da serra, mas não adentramos por motivo de segurança.

Essa foi uma trilha bastante interessante e gratificante por reunirmos pessoas de Lajes e outros municípios, como também pelo lance cultural com as brincadeiras lembradas pelo amigo Poeta Lino Sapo e demais membros da trilha. Muito obrigado por esse dia maravilhoso! Foi demais!
 

AULA DE CAMPO COM A ESCOLA EEFOC NO CABUGI

Nesta sexta, 11/11/2016, Os alunos da Escola Estadual Francisco de Oliveira Cabral (EEFOC) estiveram em uma aula de campo interdisciplinar no Cabugi, na qual tive o prazer de estar guiando-os e passando os meus conhecimentos a respeito do deste vulcão extinto encravado no Sertão Central do RN. Estiveram na trilha os professores: Samuel, Erinaldo, Jeanete, Lourenço, Santiago e Marcílio.

O Cabugi, apesar de estar a apenas 7 km de Lajes, estar geograficamente situado no município de Angicos; tem rochas (basálticas) de 25 milhões de anos; sua localização coincide com a divisão das bacias hidrográficas Piranhas Açú x Ceará Mirim; sua altura é de 590 metros de altitude; guarda um acervo de plantas da caatinga como mulungu, umburana e oiticica; fauna com presença de roedores como o mocó e, mamífero de médio porte como a raposa, algumas espécies de cobras como a cobra cipó e sapera; aves, em especial o Gavião de Rabo Branco (Gavião Azul); Já teve uma torre de repetição de TV; do seu topo observa-se a divisão do Planalto da Borborema e Depressão Sertaneja
 

TRILHA COM POR DO SOL NO CABUGI NO FERIADO DOS MÁRTIRES

No feriado dos Mártires, um grupo de três amigos vieram de Natal, para subir a Serra do Feiticeiro pela manhã e o Cabugi à tarde. Como não fazemos mais a trilha do cabugi até o topo, marquei a trilha para as 15:00 horas, já que o objetivo era observar e fotografar o por do sol, e ele veio com sua maestria. Observe as fotos.
 

TRILHA NA SERRA DO FEITICEIRO NO FERIADO DOS MÁRTIRES

Trilheiros da Caatinga - Na segunda feira, 03/10/2016, três amigos vieram de Natal para Lajes fazer duas trilhas, uma na Serra do Feiticeiro e outra no Cabugi. O encontro foi na Churrascaria Chimarrão onde tomaram Café, em seguida fomos para a Serra, fizemos o percurso tradicional passando pela Capela da Divina Santa Cruz e Pedra do Anjo. Prosseguindo até o topo, no caminho desviei da trilha e exploramos umas uma rochas que chamavam atenção por sua coloração preta com detalhes brancos, tratava-se de mármores, lugar de uma vista incrível.

Depois do desbravamento seguimos para o topo da serra, lugar ímpar para quem gosta de aventura, trilhas e fotografias. Ao descermos ainda fomos nas galerias no pé da serra. Confira as fotos abaixo!

domingo, 25 de setembro de 2016

AMIGOS DA POLÍCIA CIVIL DO RN NA SERRA DO FEITICEIRO - 24/09/2016

Neste sábado 24, tivemos trilha na Serra do Feiticeiro com um grupo de amigos da Polícia Civil do RN, vindos de Natal. A aventura já começou na estrada com o carro do amigo Eli, que o deixou no prego em Caiçara, mesmo assim eles vieram para fazer a trilha. Quando faltavam 500 metros para chegar na serra, o peso em um dos carros obrigou o povo descer e metade da turma ir a pé, num piquezinho para aquecer. Depois de passarmos na Capela da Divina Santa Cruz e Pedra do Anjo, a turma perguntou se a trilha continuaria, em princípio não, mas com a vontade da turma em andar, seguimos até o topo dos paredões da serra a 500 metros de altitude. Turma show essa, na volta só o sol que castigou um pouco, mas nordestino e sol já vivem num casamento amigável desde que denominaram essa parte geográfica do Brasil, de Nordeste Valeu galera, até breve!

Estiveram na trilha os Trilheiros da Caatinga: Jéferson e Cícero.